[Inicio] [Histórico] [Sócios] [Prêmios] [Títulos] [Fotos] [Vendas] [Links] [Artigos] [Forum]

Canário Gloster

Wilson Washington da Rosa

Escrevo sobre o canário Gloster porque fui cativado por sua graciosidade e pela harmonia dos seus movimentos.

Eu comparo o Gloster a uma criança gordinha e fofinha que todos querem admirar.

Ninguem se transforma em um bom conhecedor de Gloster de um dia para outro, mesmo os mais instruidos necessitam de tempo.

Com o passar do tempo voce vai aprendendo a olhar o Gloster de forma diferente ou seja, combinando os detalhes da raça: cabeça, pescoço, corpo e calda. Quando voce conseguir combinar estas caracteristicas, voce estará começando a entender da raça.

Para que voce chegue a um canário de boa qualidade é preciso fazer o acasalamento certo.

Algumas regras obrigatórias que devem ser seguidas no acasalamento do Gloster: pode-se cruzar pintado com pintado, pintado com melânico, pintado com lipocromico, lipocromico com melânico, lipocromico nevado com branco, lipocromico nevado com lipocromico intenso, pintado nevado com pintado intenso.

Não se deve cruzar fundo branco com intenso, intenso com intenso e fundo branco com fundo branco.

Também não se deve cruzar dois canários de topete, pois o que garante um bom topete é a cabeça perfeita de um sem topete.

Seguindo estas regras voce vai chegar a canários de boa qualidade quem sabe ao Gloster perfeito.

[Arlequim Português] [Fife Fancy] [Fiorino] [Gloster] [Lizard] [Raça Espanhola] [Topete Alemão]

©2005-2016 Canaril GPorte
Webmaster: Richard Fuzishawa