[Inicio] [Histórico] [Sócios] [Prêmios] [Títulos] [Fotos] [Vendas] [Links] [Artigos] [Forum]

RAÇA ESPANHOLA


Origem: Barcelona - Espanha

Histórico

Essa raça que somente a poucos anos foi difundida para a Europa para o mundo, apesar de existir a muito tempo. A união da canaricultura de Barcelona foi criada em 1931 e seus membros resolveram criar uma raça bem diferente das que àquela época existiam. O objetivo era um canário miniatura de plumagem compacta que foi chamado de "canário do pais".

Durante a guerra civil (36 a 39) os plantéis foram praticamente perdidos e os remanescentes ficaram em mãos de uns poucos criadores, mas em 1949 os planteis já eram abundantes. Em 1948 um padrão foi estabelecido e o nome mudou para "Raça Espanhola". Em 1956, em Barcelona, a confederação internacional de criadores de canários, percursora da COM, a reconheceu como uma nova raça de Porte, mas somente a partir de 1976 sua difusão foi acelerada.

O RAÇA ESPANHOLA IDEAL

O tamanho ideal é de 11 cm, tolerando-se um acréscimo de 10 mm. As costas e o peito devem ser planos e finos, não sendo necessário ar5redondamentos. Um pescoço pequeno e fino se projeta dos ombros e sustenta uma pequena cabeça de forma oval com o topo quase plano.

As asas devem estar perfeitamente ao dorso sem qualquer cruzamento. A cauda é curta e compacta e deve terminar em W ( cauda de peixe ), mas não deve ser larga.

As pernas devem ser bem curtas ( 13 a 14 mm ) e as coxas não devem aparecer quando o pássaro entra em posição.

A plumagem deve ser compacta, curta e densa. Penas soltas ou a falta de penas não são admitidas.

O pássaro deve estar em movimentação constante e a posição de concurso é tomada por uns breves segundos quando chega ao poleiro. O ângulo do corpo com a horizontal deve ser próximo de 45º.

Não são permitidos colorantes.

Os pássaros intensos, sempre menores, atingem com mais facilidade a exigência do padrão no que se refere ao tamanho.

Este texto foi extraido do manual de julgamento, para obter mais informações adquirir o mesmo junto a FOB ou OBJO.

Nota: o texto acima é de autoria do Juiz Arno Büchli e pode ser acessado na página do Criadouro Büchli.

[Arlequim Português] [Fife Fancy] [Fiorino] [Gloster] [Lizard] [Raça Espanhola] [Topete Alemão]

©2005-2016 Canaril GPorte
Webmaster: Richard Fuzishawa