[Inicio] [Histórico] [Sócios] [Prêmios] [Títulos] [Fotos] [Vendas] [Links] [Artigos] [Forum]

GIBBER ITALICUS


Origem: Itália

Histórico

Os Italianos tem criado varias raças de canários aproveitando caracteristicas já fixadas mesclando-as e por seleção atingindo seu objetivo.

No GIBBER porém ao que se sabe não houve interferência de mais de uma raça, pois a única utilizada foi a Frisado do Sul, cuja forma em sete e a movimentação foram mantidos, com redução do tamanho e principalmente plumagem.

O cruzamento continuo entre passaros intensos e consangüíneos conduziu as caracteristicas acima citadas. A plumagem se tornou-se escassa e mesmo ausente em algumas zonas, como as coxas e o contorno dos olhos. A redução do comprimento e rigidez das frisuras impede que, principalmente no peito, seja coberto o esterno (quilha) que aparece com muita freqüência.

Face às zonas sem penas foi denominado, inclusive, como Strip Tease Canary.

O GIBBER ITALICUS IDEAL

Tamanho - É um pássaro de cerca de 15 cm de comprimento, que aparenta menor tamanho pelas posições que se apresenta ( de repouso ou de concurso). Está sempre em movimento e constantemente segura com uma das patas a grade da gaiola para descansar.

Postura - Na posição de concurso toma forma de numero 7, ligeiramente inclinado, com o pescoço distendido para a frente e as pernas rígidas, muitas vezes parecendo querer dobrar para a frente a junta coxa-canela.

Cabeça - A cabeça é pequena, serpentiforme, o bico proporcionalmente grande, os olhos bem posicionados com círculo implume em volta.

Pescoço - O pescoço é relativamente longo e quando em posição de concurso está estendido para a frente e pouco inclinado para baixo, em relação às espáduas.

Pernas - As pernas são longas, coxas sem penas e totalmente aparentes, canelas também longas e dedos e unhas perfeitas.

Asas - As asas são longas, perfeitamente aderidas ao dorso.

Manto - O manto é simétrico, curto não cobrindo os ombros.

Cauda - A cauda é relativamente longa, mas se apresenta muitas vezes nas laterais com as penas, (barbas) fora do posicionamento normal, pois a cauda é usada com freqüência como um terceiro apoio.

Peito - As frisuras do peito são curtas, mas convergem para o centro do peito, sem contudo esconder o esterno, ou formar um "cestinho" igual ao dos outros FRISADOS. Parecem duas virgulas.

Fachos - Os fachos são curtos, curvados para cima, envolvendo as asas somente na altura das grandes penas.

Plumagem - São admitidas todas as cores, inclusive o fundo vermelho. A plumagem é de penas curtas com coxas, esterno e círculo em volta dos olhos sem penas.

Este texto foi extraido do manual de julgamento, para obter mais informações adquirir o mesmo junto a FOB ou OBJO.

Nota: o texto acima é de autoria do Juiz Arno Büchli e pode ser acessado na página do Criadouro Büchli.

[Arlequim Português] [Fife Fancy] [Fiorino] [Gloster] [Lizard] [Raça Espanhola] [Topete Alemão]

©2005-2016 Canaril GPorte
Webmaster: Richard Fuzishawa