[Inicio] [Histórico] [Sócios] [Prêmios] [Títulos] [Fotos] [Vendas] [Links] [Artigos] [Forum]

YORKSHIRE


Origem: Ilhas Britânicas condado de York

Histórico

Há referências aos canários criados no Condado de York a partir de 1820.

Tais canários não tinham, porém, um padrão definido e, em 1897, os criadores resolveram estabelecer o tipo que deveria ser atingido. Logo após surgiu o padrão desenhado por Norman do pássaro denominado York anel.

Utilizando os pássaros existentes e o Bossu e, posteriormente, o Lancashire, os criadores conseguiram um pássaro relativamente grande, esguio e de posição ereta mas que dificilmente chegava ao padrão desejado.

Em 1927, Vowles desenhou o segundo modelo com a cabeça mais volumosa, nuca, dorso e cauda alinhados, peito mais proeminente mas com a posição ereta original.

Em 1961, Golding desenhou o modelo que é adotado até hoje pelos ingleses, onde o prolongamento do dorso não se alinha com a nuca, a cauda parece pressionar as asas para cima, peito com curvatura acentuada, mantida ainda a posição ereta original.

Hoje os canários que ganham na Grã-Bretanha estão ligeiramente diferentes do modelo Golding mas este é o oficialmente adotado nas ilhas.

A COM adota o chamado tipo cenoura, que tende mais para o modelo Vowles.

Hoje sabe-se que o YORKHIRE tem também em seu padrão genético influência da raça Norwich, além das citadas acima.

O YORKSHIRE IDEAL

Cabeça - Cheia, redonda e claramente definida. Nuca profunda e descendo em linha até a parte mais elevada dos ombros. Olhos mais centralizados possível em relação à cabeça. Ombros proporcionalmente grandes, arredondados e altos de onde emerge progressivamente a cabeça. Peito cheio e profundo com altura e largura correspondentes às dos ombros e ligado à base do bico em curva contínua que segue até a parte inferior da cauda.

Corpo - Bem arredondado e codificando-se gradualmente até a cauda (tipo cenoura).

Posição - Altitude ereta e ativa, pernas longas sem serem rígidas e ligeiramente atrás da metade do corpo. Pés quase juntos quando em posição de concurso. Unhas curtas. Prolongamento da linha da coxa passando pelos olhos. Cerca de 85º com a horizontal.

Plumagem - Compacta, curta e sem penas soltas. Asas proporcionalmente longas e coladas ao dorso e parte da cauda, que deve ser também compacta.

Tamanho - Aproximando-se das 6 3/4", (17,3 cm), respeitando a proporcionalidade das partes.

Este texto foi extraido do manual de julgamento, para obter mais informações adquirir o mesmo junto a FOB ou OBJO.

Nota: o texto acima é de autoria do Juiz Arno Büchli e pode ser acessado na página do Criadouro Büchli.

[Arlequim Português] [Fife Fancy] [Fiorino] [Gloster] [Lizard] [Raça Espanhola] [Topete Alemão]

©2005-2016 Canaril GPorte
Webmaster: Richard Fuzishawa